03/02/2017 às 09h37min - Atualizada em 03/02/2017 às 09h37min

União das lideranças regionais

O exercício das atividades de prefeito e vereador costuma estar relacionado à atuação junto aos respectivos municípios onde residem. O compromisso do político com a sociedade, que lhe deu a prerrogativa de representatividade ou governabilidade, é muito maior que os limites geográficos impostos por determinação legal. A ação pública do chefe do Executivo e dos membros do Legislativo ultrapassa os direitos e deveres constitucionalmente assegurados.
Pensar a vereança e governabilidade como uma ilimitação territorial para a realização de atividades externas à circunscrição eleitoral é, indubitavelmente, assumir o dever ético e cívico de trabalhar pela coletividade. O desenvolvimento social e o crescimento econômico não estão fechados a uma política limitada e focada apenas no local em que se vive. É preciso muito mais.
Um prefeito e um vereador devem considerar a necessidade de atuar, no mínimo regionalmente para oferecer retornos mais positivos para os cidadãos. Além disso, o contato permanente e a busca incessante de verbas públicas e inscrições em programas estaduais e federais são ótimos mecanismos de progressão social e fortalecimento do mercado interno.
Por isso, no âmbito da Região Celeiro, torna-se extremamente importante a união dos gestores e legisladores em suas respectivas associações, visando integrar um trabalho de cunho regional, construindo forças para os pleitos junto às demais esferas. Este é o trabalho da Associação dos Municípios da Região Celeiro (Amuceleiro) e Associação das Câmaras Municipais da Região Celeiro (Acamrece).
Ambas as entidades elegeram as suas novas diretoras no fim de janeiro. O ex-prefeito de Tiradentes do Sul, João Carlos Hickmann (PT), entregou a presidência da Amuceleiro para o reeleito chefe do Executivo de Crissiumal, Roberto Bergmann (PMDB). A associação costuma ser referência em âmbito estadual e, inclusive, nacional em virtude do engajamento, da luta e da força das lideranças na defesa de suas demandas.
Ademais, a Acamrece também se faz presente nos pleitos regionais. Até então presidida pelo ex-vereador de Três Passos, Alcione Cezar dos Santos (PCdoB), a entidade está sendo conduzida pelo edil João Antônio Gheller (PMDB), de Tenente Portela. Um jovem de 25 anos que já está em seu segundo mandato na Câmara Municipal e demonstra-se um forte líder com expressiva proximidade a políticos de renome estadual e nacional.
Em relação a Três Passos, o Município conta com 11 vereadores e ocupava, até o início do ano, a presidência da Acamrece. Desta vez, a representatividade continua por meio dos edis Nader Ali Umar (PSDB), na condição de 1º vice-presidente, e Arlei Luis Tomazoni (PSDB), no cargo de secretário. Os tucanos tiveram significativa votação na eleição ocorrida no dia 2 de outubro e, agora, assumiram funções na associação regional.
Embora, às vezes, a atuação em entidades externas não oportunize acréscimo de votos nos pleitos eleitorais, mas tão somente aumento da atividade laboral, a representatividade e ação coletiva, como as decorrentes da Amuceleiro e da Acamrece, são fundamentais para a conquista de melhores resultados. Ao político, consciente e responsável, incumbe o engajamento, a participação, o trabalho e, consequentemente, o resultado com fulcro na essência pública: o bem comum.
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp