Quem Somos

Equipe Rádio Difusora
Jerônimo Breitenbach – Diretor


  Darci Pinno – Gerente e Locutor





  Herton Baum – Locutor





  Christian Baum – Locutor e Redador





  Talisson Lange – Jornalista e Locutor





Thaís Soares – Jornalista e Locutora





  Radael Rolim – Jornalista, Departamento Comercial e Locutor





  Alexandre Sell – Engenharia e Suporte





   Basílio Bourscheid – Técnico





   Newton Klein Operador de Áudio





  Marceline Doebber
Secretária






Nossa Programação

Segunda a sexta-feira

Bom Dia Região Celeiro
5h30 às 07h00 – Apresentação Talisson Lange
Jornal da Amanhã
07h00 às 07h15 – Apresentação Talisson Lange
Avisos e Comunicados
7h20 às 07h30
Sítio da Saracura
07h40 às 07h50 –  Apresentação Radael Rolim
Rádio Atividade
08h00 às 11h00 –  Apresentação Herton Baum
Encontro Marcado
Às 11h00 às 12h00 –Apresentação Christian Baum
Antena Esportiva 
12h05 às 12h10 – Apresentação Christiam Baum e Herton Baum
Previsão do Tempo
12h15 às 12h20 – Apresentação Christiam Baum e Herton Baum
Jornal Falado
12h30 às 12h50 – Apresentação Christiam Baum e Herton Baum
Avisos e Comunicados
12h55 às 13h00
Conectados
14h00 às 17h00 – Apresentação Talisson Lange e Thaís Soares
Sertão e Pampa 
17h00 às 18h45 – Apresentação Darci Pinno
Voz do Brasil
19h às 20h
Noturno Musical
20h00 às 23h00 – Apresentação Radael Rolim
 
Sábado

Bom Dia Região Celeiro
05h30 às 07h00 – Apresentação Talisson Lange
Jornal da Amanhã
07h00 às 07h15– Apresentação
Talisson Lange
Avisos e Comunicados
07h20 às 07h30
Sítio da Saracura
07h40 às 07h50 – Apresentação Radael Rolim
Programa Religioso
08h00 às 08h30
Sabadão de Ofertas
08h30 às 09h40
Balcão Popular
09h40 às 09h50
Estação Musical Difusora
09h50 às 12h
Antena Esportiva
12h05min às 12h10min
Previsão do Tempo
12h15min às 12h20min
Jornal Falado
12h30min às 12h50min
Hora da Banda
14h00 às 16h00 – Apresentação
Talisson Lange
Semeando a Tradição
17h00 às 19h00 – Vilson Boeno
Esperando o Baile
19h00 às 23h00 – Apresentação
Talisson Lange

Domingo

Musical da Difusora
05h00 às 7h00
Programa Religioso
07h00 às 08h30
Recanto da Alegria
08h30 às 10h00 – Apresentação Herton Baum
Canta Rio Grande
10h00 às 12h10 – Vilson Boeno
Antena Esportiva
12h015 às 12h20
Previsão do Tempo
12h20 às 12h25
Jornal Falado
12h25 às 12h45
Hora Italiana
12h45 às 13h30 – Centro Cultural
Hora Alemã
13h30 às 15h00 – Júlio Junges e Ivete Junges
Musical da Difusora
15h00 às 20h00
Só Saudade
20h às 00h – Apresentação Darci Pinno


Missão: Levar alegria aos nossos ouvintes por meio da programação musical, de entretenimento e cultural.  Proporcionar aos ouvintes, de forma imparcial, informações confiáveis e de qualidade. A Rádio Difusora tem por objetivo de acolher e colaborar com o crescimento e desenvolvimento de Três Passos e região.

Visão: Ser referencia em comunicação radiofônica. Buscar informar com precisão e credibilidade os ouvintes que há 68 anos confiam nas ondas da AM1350.

Valores: Ética; Responsabilidade Moral e Social; Respeito; Comprometimento com informação e relacionamento com os ouvintes, parceiros e patrocinadores; Valorização da vida e do meio ambiente.


NOSSA HISTÓRIA
20 de setembro é um dia importante para a Rádio Difusora, é data marca o aniversário da emissora. São 67 anos de história levando aos moradores do campo e da cidade notícias, prestação de serviços, cultura, entretenimento e o melhor da música rio-grandense, brasileira e internacional.
Desde 1951, a Rádio Difusora está presente contribuindo de forma marcante no processo socioeconômico, político e cultural da região. O dia 20 de setembro de 1951 está marcado na história com o surgimento do primeiro veículo de comunicação social nesta parte do RS. Naquela época, sentindo a necessidade de insurgir-se no cenário estadual, um grupo de trespassenses teve a coragem e a ousadia de criar em Três Passos uma emissora de rádio, inicialmente uma sucursal da Rádio Sulina, de Santa Rosa. Depois, da Rádio Colonial, de Três de Maio. Mais tarde foi transformada em emissora local, com o nome de Difusora.
A partir de então estava consagrada a integração regional, objetivo proposto desde o início do empreendimento e mantido até os dias atuais, como uma ampla cobertura esportiva, cultural e jornalística de todos os fatos que marcaram época.
Nestes 67 anos de história, a Rádio Difusora é referencia na região noroeste na área de comunicação. Inicialmente com uma potência de 250 watts, logo após foi elevada para 1.000 watts ampliando sua área de cobertura para outros pontos do Estado, para o Nordeste da Argentina e para os Estados de Santa Catarina e Paraná.
Acompanhando o processo tecnológico, na década de 90 a Difusora passou por grandes transformações, inclusive elevando sua potência para 5 mil watts e alterando a localização de sua antena para proporcionar um melhor desempenho. Investiu na melhoria de qualidade de som e na capacitação de seu quadro funcional, sempre priorizando os seus milhares de ouvintes. Com uma programação diária das 05h às 24h, a emissora abrange todos os gêneros musicais e mantém ampla cobertura jornalística.

ESPORTE REGIONAL
Na época em que a comunicação telefônica era precária nesta região, a equipe de esportes da Rádio Difusora não esmorecia e ia a campo cobrir os eventos esportivos com os recursos que dispunha. Assim, usava-se gravador alimentado à energia elétrica e bateria de automóvel nas narrações dos jogos, para posterior reprodução no estúdio. Esse método não desvirtuava o brilho do trabalho jornalístico executado em campo; pelo contrário, valorizava mais o trabalho da equipe.
O futebol varzeano local e regional e os campeonatos amador e estadual, e até carreiradas eram transmitidas com afinco pela Difusora. No cenário regional, a Rádio contou a história da dupla Gre-Nal de Santo Augusto, do Tabajara de Campo Novo, do Ouro Verde de Coronel Bicaco, do Tupy de Crissiumal, do Nove de Julho de Redentora, do Miraguai e do Ipiranga de Tenente Portela, do Avante de Boa Vista do Buricá, do Onze de Ouro de São Martinho, e do Minuano, Juventus, Missioneiro e TAC de Três Passos.
Na várzea, em Três Passos, narrava-se passo a passo às atuações do Garpelé, Esperança, Guarani de Alto Uruguai, Grêmio União, Gaúcho, Pioneiro, Paladino, Olarias, Bananeiras, Floriano, Águia Negra e tantas outras equipes que engrandeceram o futebol local.
Jogos regionais estudantis, olimpíadas evangélicas e outros eventos sempre foram transmitidos pela emissora. Desde 1961, a Rádio mantém no ar o tradicional programa Antena Esportiva, que oferece aos ouvintes uma ampla cobertura de todas as modalidades esportivas.
 
MOVIMENTOS EMANCIPACIONISTAS E OUTROS EVENTOS
A Difusora acompanhou de perto todos os processos que marcaram os movimentos emancipacionistas na região, principalmente no início da década de 60. A apresentação de propostas, os debates e todos os trâmites dos processos de emancipação eram levados ao conhecimento das comunidades envolvidas através dos microfones da Rádio.
A fundação da Associação dos Municípios da Região Celeiro, liderada pelo então prefeito Eugênio Corrêa Machado, de Campo Novo, teve ampla cobertura da emissora. Também ficou na história o movimento de fundação da Cotricampo. A criação de vários CTGs, em Três Passos e na região, também mereceram especial atenção da Difusora ao longo destes anos de história. Quando a emissora passou para mil watts de potência, a primeira cobertura realizada registrava a primeira feira-exposição de Crissiumal.
 
REVELAÇÃO DE VALORES ARTÍSTICOS
Uma das marcas registradas da Rádio Difusora foi a revelação de valores artísticos regionais. Um programa com músicas de Edison Trindade e do grupo Serenata reunia participantes que desejavam revelar seus dotes artísticos. Depois, aos sábados à tarde, Bruno Carlos Tesche apresentava o Clube do Pequeno Polegar, dirigido a crianças com menos de 10 anos de idade e patrocinado pelas Balas Soberanas, de Ijuí. Nos anos 70 e 80, o programa Discoteca da Saudade reunia conjuntos musicais e talentos revelados na região e na própria emissora. O disco LP denominado “Presilha da Tradição”, foi gravado nos estúdios da Difusora, revelando nomes de destaque regional como Valdomiro Maicá (primeiro registro fonográfico do artista), Jorge Porolnick dos Santos, Felipe Soares e outros artistas regionais. Antes, porém, no mesmo estúdio, foi gravado o LP da “Bandinha da Saudade”, grupo liderado por Raimundo Schmidt (Rot Latrich).
 
LOCUTORES QUE CONTARAM E CONTAM A HISTÓRIA
Nestes anos de história, uma legião de locutores, da mais alta qualidade, entre outros, passou pela Rádio Difusora: Bruno Carlos Tesche, Carlos Jagmin, Jorge Antonio Gerhardt, Helmuth Glinke, Ulrich Sydow, Raimundo Schmidt (codinome Rot Latrich), Hélio Lopes, José Carlos Lacerda, Walter Luiz, Josué Martins, Leonir Caneppele, Geraldo Luft, Antonio Maximiliano Ceretta, Eliseu Hermes, Rubens Palmeiro Fortes (o primeiro locutor da Difusora), Luis Eugenio Livramento, Etelvino Severgnini, Derli Queiroz, Mauri Kohls, Derli Queiroz, João Carlos Diniz (Pipoca), Luiz Fernando Stäeller, Marcos Júnior, James Moura, João Edir Barros, Jacir Braz Ilha, Josias Portela (JP), Niltow Braz Ilha, Zeno Schäeffer, Lírio Berghan, Benno Adelar Breitenbach, Mirian e Angelita Cristina.
Neste espaço de tempo, iniciaram suas carreiras de locutor na Difusora: Luiz Carlos Borghetti, Alfeu Raposo de Azevedo, Luizinha Lourdes Tesche, João Paulo Messer, Romeu Cymbalich, Jocelito do Canto, Pedro Ricardo Jahn, Adelar Dapper, Herton Baum, Arno Luís Arnemann, Fábio Dorst, Jacson Moraes, Radael Rolim, Talisson Lange e Thaís Soares.
 
PARTICIPAÇÂO FEMININA
A história do rádio em Três Passos começou com a participação efetiva de uma mulher, lá nos idos de 1951. Dona Antônia Albertina Azevedo Neckel, a “Pita”, iniciou suas funções como secretária e após um mês de trabalho foi aprovada em um teste de locução e passou a integrar a equipe, inclusive participando de um capítulo de uma rádio-novela produzida e apresentada ao vivo pela emissora. Ela, residente em Três Passos, apresentava seus programas com o pseudônimo de “Maria Regina”. Abandonou a carreira para cuidar de sua família, após o seu casamento com o senhor Pedro da Cruz Neckel, o qual foi transmitido ao vivo pela emissora. 
Atualmente, a Rádio conta com a Jornalista e locutora, Thaís Soares.

ERA DIGITAL
A Rádio Difusora conta com o site rd3.net.br e o aplicativo da emissora, canais que possibilitam acompanhar a programação ao vivo.
Além disso, possui Facebook, Instagram e Twitter para a divulgação das matérias, reportagens e eventos. Neste contexto também se insere o jornal Atos e Fatos, que há mais de uma década surgiu como um aliado da emissora na cobertura dos principais fatos jornalísticos que marcam o dia a dia da região.
 
Rádio Difusora na Guerrilha de Três Passos
A Guerrilha de Três Passos foi uma ação guerrilheira promovida por três militares cassados e 20 agricultores contra a Ditadura Militar no Brasil  em março de 1965. Com apoio do ex-governador Leonel Brizola, exilado no Uruguai, eclodiu quando faltava menos de uma semana para o aniversário de um ano do golpe. A ação militar constituiu na tomada do quartel da Brigada Militar, o presídio de Três Passos e a Rádio Difusora, que foi invadida para a transmissão de um manifesto à nação.
A etapa inicial do plano foi em Três Passos: A uma hora de marcha de Ijuí, o grupo de 23 combatentes, reunido por Osório, invadiu a rádio Difusora na madrugada de 26 de março e transmitiu uma “Proclamação ao Povo Gaúcho”. O manifesto, elaborado pelo coronel, era a senha para que os integrantes das forças de oposição ao governo militar pegassem em armas antes do golpe completar um ano, poucos dias depois.
Os insurgentes tomaram as armas do quartel da Polícia Militar de Três Passos e do posto policial, tentaram levar dinheiro da agência do Banco do Brasil, mas desistiram porque o gerente, acordado de madrugada, não tinha o par da chave dupla que abriria o cofre. Para ler o manifesto na rádio Difusora, tiveram de acordar o dono da emissora, Benno Adelar Breitenbach, porque o operador se recusou a colocar a rádio no ar.

 

Link
Comentários »