18/08/2017 às 09h47min - Atualizada em 18/08/2017 às 09h47min

As mentiras que contamos

Qual a verdadeira razão de mentirmos? Por qual motivo você é capaz de contar histórias bonitinhas e irreais? Quem disse que existem mentiras do bem?
Mentira é sempre mentira. Não importa se a intenção "é boa". Se mentiu para não magoar ou, pois, pensou que era o que a pessoa queria ouvir.
Mentiras são mentiras. 
Sejam quais forem as suas intenções.
Você tem uma amiga, essa amiga tem um namorado. Você viu o namorado aprontando. Ah, melhor não falar nada, depois eles se entendem e a pessoa errada sou eu. Na maioria das vezes isso é verdade, mas que tipo de amiga é você? Está protegendo sua amiga do sofrimento ou salvando a própria pele do incômodo que virá depois?
Existe aquela frase clichê que diz assim: melhor uma verdade que magoa do que uma mentira que ilude. E eu concordo inteiramente. O ser humano por genética já nasce mentiroso. Fingimos que choramos quando queremos algo ainda na infância. Mentimos que o cachorro comeu o dever de casa. Mentimos que vamos dormir e pulamos a janela. Mentimos. Mas se você parar para analisar, mentimos sempre para nos beneficiar. No caso do bebê, para conseguir atenção. No do dever de casa, para conseguir amenizar a pena. No da janela, para fazer algo que provavelmente fomos proibidos. 
A mentira  é sempre um ato egoísta!
Não me venha com essa de que mentiu para proteger, para não magoar, para não chatear. No fundo você mentiu, pois você não queria se comprometer com a consequência da verdade.
Mas as piores mentiras são aquelas que contamos a quem amamos, e para nós mesmos!
Quando você é capaz de mentir para quem ama, você é capaz de mentir para qualquer pessoa. Amar por si só é um gesto de altruísmo. De desejar que o outro esteja feliz mesmo que isso custe abrir mão da sua felicidade. Amar significa que você abriu mão de muita coisa em troca do mundo que estão construindo juntos. Quem ama, não mente.
Mas isso pode ficar pior: quando você mente para si mesmo. Quando tem uma rede social badalada, feliz e cheia de comemorações e na verdade sua vida é solitária quando não existe plateia. 
Nesse dia dos pais, por exemplo, muitos pais de facebook buscaram seus filhos, postaram fotinhos lindas acompanhadas de textos de Chico Xavier (por assim dizer) e na realidade são pais ausentes, de final de semana, que sequer conseguem respeitar os sentimentos do filho, que se tornam instrumento de manipulação. Sim, o mesmo acontece do lado contrário com algumas mães, mas vamos aproveitar o gancho da data. Esses pais estão mentindo, sim para os outros, recebendo elogios de "bons pais", mas a  maior mentira é para eles mesmos iludem-se dizendo que estão felizes com os elogios, mas esquecem do mal que fazem aqueles que deveriam ser mais importantes que o próprio ego: o filho.
O marido mente para a esposa, sai com outras, mente para todas elas. Sim eu amo minha mulher, mas gosto de variar o cardápio de vez em quando. No entanto, para quem ele está mentindo? Para todas as mulheres? Não, para ele mesmo. Essa mentira pode trazer benefícios temporários, diversão, casos, aventuras. Mas, na verdade, a iludida mulher que ama realmente está lá, esperando, dedicando-se, buscando formas de fazer feliz aquela pessoa que acredita que jamais será descoberta. E ele mentindo para si mesmo que um orgasmo pode ser mais importante do que ter alguém que irá lhe amparar quando a doença chegar, o imprevisto acontecer. Pois o futuro sempre chega!
A verdade é que a mentira é egoísta, mas ela ilude principalmente o mentiroso. Que não consegue perceber que o principal prejudicado é o próprio mentiroso, pois o universo sempre cobra o preço. Mentiras do bem não existem. Mentiras são mentiras, não existe mentira grande ou pequena, ela sempre planta a semente da dúvida, da desconfiança. E ao meu ver a principal traição não é a infidelidade, essa é carne com carne. A principal traição é quando se trai a lealdade, pois não tem presente maior no mundo do que quando uma pessoa te ama ao ponto de te dar a sua confiança e principalmente a lealdade. Essa traição, a da lealdade, não tem perdão.
Minha mãe sempre disse... leva-se anos para ganhar a confiança. Mas basta uma  palavra errada para perder. 
Mentira é mentira. Não importa o tamanho
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp