11/08/2017 às 09h26min - Atualizada em 11/08/2017 às 09h26min

Todo mundo precisa estar na vitrine!

Quem disse que profissional liberal ou autônomo, como queiram chamar, não precisa de conhecimento de marketing? Existe uma crença que diz que médicos, dentistas, fisioterapeutas, psicólogos e profissionais da saúde em geral não devem ver as pessoas que os procuram profissionalmente, como clientes, mas sim como pacientes. Isso podia funcionar lá na metade do século passado, quando a demanda era infinitamente maior do que o número de profissionais, mas hoje, graças a Deus, isso mudou muito. O cidadão tem escolha! Tudo é uma questão de ponto de vista. Quando queremos adquirir um produto, escolhemos entre as empresas que temos a disposição, mas para isso precisamos saber da sua existência, pois empresa que não aparece, não é lembrada. Comparamos, definimos e compramos. Pronto! Realização em adquirir um produto e em satisfazer uma necessidade. Bom pra nós, bom para o comércio.
E quando temos que satisfazer nossas necessidades de saúde, dentre quais profissionais escolhemos? Escolhemos os que temos conhecimento e mais do que isso, os que temos boas informações, que nada mais é do que um bom marketing. É preciso desmistificar a ideia de que o profissional de saúde é uma alma boa e caridosa que existe para resolver nossos problemas. É claro que eles precisam ter esta vocação, mas, além disso, eles são profissionais querendo ganhar a vida, como qualquer outro. E sendo assim, precisam colocar-se à frente dos seus concorrentes que a cada dia estão em maior número no mercado. O jogo funciona assim: Quando eu preciso de um profissional de saúde, escolho o que me parece mais apto e adequado para o meu caso. Faço a consulta, exame, tratamento ou seja lá o que for e pronto. Solução! Eu saio contente por ter resolvido meu problema e o profissional fica feliz por ter me ajudado e ganhado por isso. É simples assim! Essa teoria serve para hospitais, farmácias, laboratórios e todo tipo de instituição de saúde, pois nada funciona bem se não houver profissionalismo. E profissionalismo significa foco em todas as áreas e o marketing é uma das mais importantes. Advogados, arquitetos, cabeleireiros, eletricistas, pedreiros, seja qual for a área de atuação, se desejam alcançar o sucesso precisam de conhecimento de marketing. Porque mesmo sem saber, todo profissional em cada ato de trabalho já pratica o marketing, só que quando não se tem informações, acaba desperdiçando tempo, oportunidades, possibilidades e, é claro, dinheiro. O marketing interfere de forma direta na maior razão de cada profissão: a realização do bem e a realização pessoal!
 
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp