02/06/2017 às 09h29min - Atualizada em 02/06/2017 às 09h29min

PIADAS DA SEMANA

Após as perguntas básicas, o psicólogo perguntou para o candidato ao emprego.
- O que o senhor fazia antes de se casar?
- Ah! Naquela época eu fazia tudo o que queria!
- Minha mãe é tão alarmista – queixou-se a adolescente a uma amiga.
- Basta uma tosse e ela acha que estou com bronquite; uma dor de cabeça e ela desconfia de um tumor; uma mentirinha e ela acha que eu vou entrar para a política!
O sujeito chega quinze minutos atrasado a uma conferência e, ao entrar, o porteiro o alerta:
- Por favor, não faça barulho!
- O quê? Já tem gente dormindo?
Dois soldados trocam impressões:
- Então, por que te alistaste?
- Porque sou solteiro e gosto de guerra. E tu?
- Porque sou casado e gosto de paz.
Um sanduíche entra num bar e pede ao balconista;
- Por favor, me vê uma cerveja!
- Desculpe, mas aqui nós não servimos comida!  Putz.......
Ao cair da tarde, uma maravilhosa loira vai ao parque sozinha. Lá encontra um sujeito estranho que logo a convida para fazer uma sessão de fotos em um local mais isolado do parque.
Ingenuamente ela aceita e então acompanha o moço em uma trilha que se embrenhava na mata. Então a loira começa a ficar assustada e diz;
- Moço, está começando a escurecer e eu estou ficando com medo!
- Medo? – pergunta ele, irônico – Medo tenho eu, que vou ter que voltar sozinho!
O gerente chama o novo empregado à sua sala e inicia o diálogo:
- Qual é o seu nome?
- José – responde o empregado.
- Olhe – explica o gerente – eu não sei em que espelunca você trabalhou antes, mas aqui nós não chamamos as pessoas pelo seu primeiro nome. É muito familiar e pode levar à perda de autoridade. Eu só chamo meus empregados pelo sobrenome: Ribeiro, Matos, Souza. E quero que o senhor me chame de Sr. Mendonça.
- Sim, senhor...
- Bem, agora quero saber, qual é o seu nome?
O empregado responde: - Meu nome é José Amorzinho.
- Tá certo, José. Pode ir agora!
Um mendigo brasileiro foi para Portugal achando que as coisas iam melhorar, mas acabou ficando na mesma. Andando pelas ruas de Lisboa, morrendo de fome, ele viu um português comendo uma banana.
Só que ele comia a casca e jogava a banana fora. Ah, o mendigo brasileiro não pensou duas vezes, pegou a banana e começou a comer com gosto. Aí o portuga tirou um sarro:
- Olha só que gajo burro, só pode ser brasileiro...
- Ué.. Sou brasileiro mesmo! – disse ele – Mas posso saber por que você tá me chamando de burro?
- Ora, pois... Você está comendo o sabugo da banana!
Na aula de religião, o professor voltou-se para a mais assanhadinha da classe e perguntou:
- Jovem, me diga, quem foi o primeiro homem?
- Ah, professor, se o senhor não se importa, eu prefiro não dizer!
Rapaz, tive um sonho magnífico ontem! – diz o pescador para o outro.
- Estava velejando num iate, numa bela noite estrelada, com uma loura linda e sensual ao meu lado.
- Puxa, que beleza. E como foi o fim?
- Maravilhoso! Você não vai acreditar. Peguei um peixão de três quilos!
O cara diz para o amigo:
- Quando digo uma tolice sou o primeiro a rir!
- E o amigo – Puxa, você deve levar uma vida bem divertida, hein?
 
 
 
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp