13/09/2019 às 11h53min - Atualizada em 15/09/2019 às 18h53min

ESPECIAL: Hospital de Caridade de Três Passos

Muitas dúvidas cercam o funcionamento de um hospital, como é regulamentado, profissionais, financeiro, contabilidade e esse mundo todo dentro de uma instituição.
Visto isso, a equipe da Rádio Difusora e do Jornal Atos e Fatos acompanhou o trabalho realizado dentro do Hospital de Caridade de Três Passos durante 30 dias. Conheceu mais a história, estrutura, setores, coordenadores e, ainda, participou de algumas reuniões.
As reportagens serão publicadas nas edições do Jornal Atos e Fatos, começando hoje e dando sequência nas próximas três semanas. Ainda, você pode conferir todo conteúdo no site rd3.net.br e Facebook Rádio Difusora e Jornal Atos e Fatos.
Confira nesta edição
Hospital de Caridade 74 anos de história;
Como funciona a hotelaria do HCTP;
Atividades do setor de Recursos Humanos;
A importância da Segurança do Trabalho na instituição;
Os processos no setor de Compras
Particularidades do setor de Nutrição e Dietética.

Hospital de Caridade 74 anos de história  
A Associação do Hospital de Caridade de Três Passos, fundada em 06 de julho de 1945, é uma associação civil de direito privado sem fins econômicos, filantrópico e de utilidade pública, com duração indeterminada e numero de associados ilimitados.
Nesta data, um grupo de cidadãos da comunidade se reuniu para formar uma entidade que suprisse as necessidades da saúde dos menos abastados do Município, surgindo daí, a Associação Hospital de Caridade Três Passos.
O grupo de 48 pessoas tomou a iniciativa de angariar fundos para a construção de um Hospital. O 1º projeto foi em novembro de 1947 em a área localizada na parte alta da cidade, extremamente privilegiada, tanto para aumento de área construída como acesso viário, foi doada pela Prefeitura de Três Passos, em 1953.
Entre os anos de 1945 e 1970, o hospital foi construído parcialmente, sendo utilizado por um período como quartel da Brigada Militar.
O primeiro médico foi o Dr. RACINE VIOLA e o Farmacêutico-químico, Sr. NELSON VICENTE SCHWERTNER. O primeiro Presidente foi o Sr. ALCIDES BRAUN.

Com o passar do tempo, a área física do Hospital de Caridade foi sendo ampliada, adequando-se os espaços e agregando novas tecnologias.
Área construída, atualmente é de 5.687,56 m².
Hoje, o hospital possui um total de 114 leitos de internação, mais de 280 funcionários, 43 médicos das mais diversas especialidades.
O Hospital de Caridade de Três Passos é uma instituição privada filantrópica e presta serviço integrado na atenção especializada ambulatorial em neurologia; em traumatologia / Ortopedia; cirurgia geral.


UTI
Também está habilitado para eletrocardiograma, ecocardiograma, eco-dopler, ultra-sonografia, Raio-X, mamografia, endoscopia, colonoscopia, cistoscopia, artroscopia videolaparoscópia, exames laboratoriais, serviços hospitalares de referencia. É centro de atendimento de urgência e tipo III aos pacientes com AVC; unidade de assistência de alta complexidade em traumatologia / ortopedia, UTI tipo II adulto, saúde mental; obstetrícia, pediatria, clínica médica e cirurgia geral.

O Hospital atualmente atende em média de 450 internações/mês e 6.800 atendimentos ambulatoriais/mês (dados referentes ao período de janeiro a agosto de 2019).
 

UTI
LIVRO DE OURO
Implantado em 2018, o livro registra todas as doações que o Hospital recebe de pessoas, empresas, clubes de serviços e entidades. As doações se dividem em sua maioria em alimentos, roupas de cama e de forma monetária.

Para o funcionamento do HCTP
O hospital é regulamentado pela a Vigilância Sanitária. Ainda, o Ministério da Saúde da diretriz para o funcionamento do HCTP, sendo dividido em Sistema Único de Saúde e Agência de Saúde Suplementar;
Para o atendimento dos pacientes SUS, união e estado, o hospital se submeter às legislações próprias do Sistema Único de Saúde. Como também acontece nos atendimentos por convênios particulares, regulamentados pela Agência de Saúde Suplementar que também possuem suas legislações.


Plantão médico
O hospital tem plantão médico permanente de 24 horas de atendimento na unidade de urgência e emergência e UTI. Já no sobre aviso; profissionais da área de obstetrícia, pediatria, traumatologia / ortopedia, saúde mental e cirurgia geral. 

Hospital regional
O HCTP é classificado como hospital regional, pois abrange os 26 municípios da 19ª Coordenadoria Regional da Saúde atendendo média e alta complexidade.
Ainda, o hospital atende três municípios da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde devido à localização territorial.
Além disso, com credenciamento da unidade de tratamento intensivo, o HCTP tornou-se uma instituição de referencia na região.
 
Área de abrangência
19ª CRS
Alpestre, Ametista do Sul, Barra do Guarita, Bom Progresso, Caiçara, Cristal do Sul, Derrubadas, Erval Seco, Esperança do Sul, Frederico Westphalen, Iraí, Liberato Salzano, Novo Tiradentes, Palmitinho, Pinhal, Pinheirinho do Vale, Planalto, Rodeio Bonito, Seberi, Taquaruçu do Sul, Tenente Portela, Tiradentes do Sul, Três Passos, Vicente Dutra, Vista Alegre e Vista Gaúcha.
17ª CRS
Crissiumal, Humaitá e Sede Nova.
 

UTI HCTP
A Unidade de Tratamento Intensivo - UTI DE Três Passos completou 11 anos no mês de maio deste ano. A Unidade foi criada por meio de uma doação do clube de serviço Lions Clube Tucumã de Três Passos e disponibiliza 10 leitos, entre eles 1 de isolamento.
Atualmente, a gerencia dos leitos é realizada pela Central de Leitos do Estado do Rio Grande do Sul.  
 
ATENDIMENTOS
80% SUS
20% convênios e particulares

Estrutura e departamentos que compõem o HC
Presidentes; Lauro Borth, Vice-presidente, Lélia Muller;
O papel do Presidente e Vice-presidente é responder legalmente por todas as atividades do Hospital, é o poder máximo na instituição.
Tesoureiro; Marcos Foerch;
Vice-tesoureiro; Delcio Franzen;
Secretário; Elcio Jair Pereira;
Vice-secretário; Marcos Cesar Bohn;
Presidente de Honra; Zilá Maria Breitenbach
Conselho fiscal efetivo;
Ari Freling;
Valdir Sossmeier;
Antonio Carlos Seghetto;
É o órgão fiscalizador de todas as atividades da Associação do Hospital de Caridade de Três Passos, o qual é composto por três membros titulares e três suplentes, eleitos para um mandato de dois anos, pode ser reeleito apenas pelo mesmo período.
Conselho Fiscal Suplente
Moises Scherer;
José Mauricio Freling;
Sergio Narciso Wayss;
Formação do Corpo Diretivo
A formação do corpo diretivo se dá por meio de votação em Assembleia, onde os associados elegem a chapa.  A gestão é formada a cada 2 anos;
Para se tornar um associado do HCTP é preciso preencher uma proposta de sócio, onde passará por aprovação do corpo diretivo. O associado paga anuidade.
A proposta de sócio está disponível a comunidade para retirada. Atualmente, o Hospital de Caridade de Três Passos conta com 109 sócios. Única restrição para ser sócio do hospital é ter no mínimo 18 anos;
O Corpo diretivo não possui nenhuma remuneração financeira.
A associação não presta nenhuma forma de remuneração, nem concessão, vantagens e benefícios a seus diretores, associados, conselheiros, instituidores, devidamente indicadas por membros associados regulares e pela Diretoria Executiva, por maioria dos votos.
 

Diretor clínico; Tatiana Schreiber;
Diretor Técnico; Daniel Fernandes Dalla Riva
Diretora administrativa; Paula de Paula Rodrigues
Gerente de enfermagem; Suzani Schmitz Wolffenbutel;
Vice-gerente de enfermagem; Karine Schons Rocha;

Estão ligados diretamente a Diretoria administrativa;
Secretária Administrativa, Gissilaine Petry Teles de Lima e Psicóloga Organizacional, Bruna Sorensen;
Coordenadores do administrativo
- Contabilidade, contadora Lovane Pohl;
            Auxiliar de contabilidade, Maikeli Viana;
- RH, Rosi Bernich Ataíde;
            Assistente de RH, Leonice de Souza;
            Técnico de Segurança do Trabalho, Miriam Inês Adamy Reichert;
- Financeiro, Ana Carolina Robaert;
            Tesouraria, Isolete Carmem Bastianel;
- Projetos, Juliane Perdosini;
- Faturamento, Adriane Cristina Seider;
Faturista, Paula Mikaela Morgenster Schmitz;
            Auxiliar de Faturamento, Sirlei Cristina Schoninger
Secretários, Josiane Simone da Silva e Roberto Bech Machado;
- Internação, Adriane Cristina Seider;
            Escriturário de posto, Ricardo Mello Rossato e Rafaela Machado Zanch;
            Secretária, Pamela Lippert;
- Autorizações, Adriane Cristina Seider;
            Assistente de autorizações, Andreia Rechziegel Bougnhagen;
- Compras e almoxarifado, Adriana Rechziegel;
 - Serviço de nutrição e dietética, Anahí Ottonelli Maicá;
            Nutricionista Clínica, Fernanda Wallauer Camillo;
            Cozinheiras, 9 colaboradores;
            Copeiras, 9 colaboradores;
- Farmácia, Kelven Lanza;
            Farmacêutico, Kelven Lanza, Aline Lorenzzet, Andre Grolli;
            Auxiliar de farmácia, 9 colaboradores;
- Manutenção, Paula de Paula Rodrigues;
            Assistente, Laercio Kuffel; Cristiano Eloir Kipper;
            Auxiliar, Juliano Cabral;
- Hotelaria, Márcia Budke;
            Higienização, 23 colaboradores;
Lavanderia, 7 colaboradores;
- Portas de entrada, Carlos Alexandre Maidana Pereira;
            Portaria, 3 colaboradores;
            Recepção, 11 colaboradores;
                        *Telefonista, 2 colaboradores;
- Centro de diagnostico por imagem, Carlos Alexandre Maidana Pereira;
             Técnicos de radiologia, 7 colaboradores;
            Secretários, 4 colaboradores;
Enfermeiros coordenadores (estão ligados diretamente a gerente de enfermagem)
- UTI, Taira Pressi;
            Enfermeiros, 4 colaboradores (M/T/N)
            Técnicos de enfermagem; 22 colaboradores (M/T/N)
            Secretária, 01 colaboradora
- Bloco Cirúrgico e Centro de Materiais Esterilizados, Lucas Real e Fernanda S. Wolffenbutel Valvassori;
- Pronto Socorro, Lucas Real;
- Unidades de internações, Maternidade e Saúde Mental, Fernanda S. Wolffenbutel Valvassori;
Enfermeiro assistencial;
Enfermeiros Assistenciais
            - 23 colaboradores
Técnicos em Enfermagem
            - 122 colaboradores
Grande maioria dos Técnicos de enfermagem tem formação na EFA no município de Três Passos.
Assistência Social;
Atende a área de saúde mental e a demanda dos demais setores do HCTP;
            - 02 colaboradores
Psicologia Assistencial
            - 01 colaborador
Fisioterapeuta
            - 02 colaboradores

Como funciona a Hotelaria
A hotelaria oferece serviços que satisfazem as necessidades dos pacientes e/ou acompanhantes, desde ambientes higienizados e enxovais limpos, com qualidade e segurança para que nosso paciente se sinta confortável e acolhido.
A hotelaria compreende a equipe da higienização, composta por 23 higienizadores. E a equipe da lavanderia composta por 6 colaboradores e uma costureira.
O setor responsável pela higiene dos quartos, corredores, consultórios, enfim toda área hospitalar, realizando limpezas concorrentes (rotinas) e limpezas terminais (limpezas pesadas). Também realiza a reposição de produtos nos quartos e setores.

Costura
Na lavanderia, cuida da seleção e processamento das roupas (enxovais e uniformes), sempre avaliando a qualidade final, proporcionando maior segurança para o paciente. Na costura realiza a confecção de uniformes, enxovais e toda roupa cirúrgica.

Lavanderia
Todo resíduo hospitalar é recolhido pela equipe da higienização que efetua sua destinação de forma correta, sendo o resíduo orgânico e reciclável recolhido pelo município e o resíduo contaminado por uma empresa autorizada a fazer o recolhimento e destinação deste.

Higienização
Foram realizadas mudanças para otimização dos recursos e com isso redução dos custos, através de gestão, controles de qualidade, classificação de roupas, implantação de rotinas entre outros. Em média anual, o setor lava 12,5 mil quilos de roupas.
 
Particularidades do setor de Nutrição e Dietética
O SND é um serviço de apoio dentro do Hospital de Caridade de Três Passos. É um setor bastante complexo, que inclui área de Produção (cozinha), área Clínica e Terapia Nutricional. A equipe é formada por 02 nutricionistas, cozinheiras, copeiras totalizando 18 colaboradoras.
São fornecidas em média 8.000,00 refeições/mês, exigindo todo um dinamismo do setor.
O serviço tem por particularidade ser centralizado, ou seja, toda a produção alimentar é feita em um único local. Está de acordo com as normas e rotinas de higiene estabelecendo orientações gerais para aplicação por manipuladores de alimentos, bem como critérios que definem o padrão e a qualidade das refeições oferecidas.  São cinco refeições diárias: desjejum, colação, almoço, lanche da tarde e jantar (dependendo das necessidades do paciente). Na UTI são oferecidas de 06 à 07 refeições/dia. Também tem atendimento a pacientes com dietas enterais, via sonda. Prepara refeições e lanches para funcionários e equipe médica.
Sabendo-se que a alimentação é algo muito importante para o desenvolvimento do ser humano e faz parte dos cuidados com a saúde, a dieta é prescrita pelo médico responsável pelo paciente, conforme sua patologia e esta dieta é transposta em um mapa de dieta pela equipe de enfermagem que chega até o SND, onde fica incumbido pela refeição dos que apresentam necessidades especiais, variando sua consistência e constituição. Existem muitos tipos de dietas prescritas, tais como: hipolipídica, hipossódica, branda, livre, líquidos, pastosa, hiperprotéica, hipercalórica, para diabéticos, entre outras.
O Caridade conta também com a EMTN (Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional), que atua diretamente com os pacientes em risco nutricional.
 A alimentação é um ato que envolve a satisfação dos aspectos emocionais, psicológicos e motivacionais dos indivíduos, e, o SND promove a prevenção, recuperação e manutenção da saúde através de uma alimentação adequada e balanceada, propiciando o bem-estar e a melhora da qualidade de vida, respeitando às necessidades individuais e  humanizando o serviço e garantindo a hospitalidade.
 

Parte da equipe de Nutrição e Dietética
Importância da Segurança do Trabalho na instituição
Os profissionais de segurança do trabalho vêm fortalecendo a equipe do HCTP gerando qualidade de vida aos colaboradores no ambiente de trabalho, gerenciando riscos e trabalhando na prevenção de acidentes dentro da instituição, focando na segurança.
A função do TST é atuar em prol a organização e viabilizar um ambiente de trabalho mais seguro, é garantir a continuidade das atividades através da prevenção.
O profissional de Segurança do Trabalho capacita colaboradores ministrando palestras, dando treinamentos e orientando sobre riscos e consequências que imprudências podem causar.
Segurança e bem estar, valores indispensáveis a uma empresa e principalmente a sua própria vida.
 

Técnica em Segurança do Trabalho, Miriam Reichert
Conheça os processos do setor de Compras
Até o ano de 2009, as compras de materiais, medicamentos, materiais de expediente e de gráfica eram realizadas na farmácia. Já a parte da higienização, lavandeira, nutrição e tecidos eram realizadas pelos respectivos responsáveis do setor.
A partir de 2010, passou a ter um setor de compras, situado a parte administrativa do Hospital, onde todas as compras foram centralizadas. De início, as cotações eram manuais e qualquer solicitação de compra deveria ser acompanhada por uma ordem de compra, dependendo do valor, com autorização do administrador, continuando até hoje.
No Caridade, o setor de  compras tem mudado, até acompanhando um quadro indispensável no sentido de obter melhores resultados para a instituição, tendo como critérios estabelecidos pela direção/administração, a pesquisa de preços para aquisição de alimentos, produtos químicos usados nas áreas de lavanderia, limpeza, higienização e higiene em geral, afora uma infinidade de matérias usados em serviços de escritório, manutenção em geral e outros. Na área específica de medicamentos, maior fonte de suprimentos levada em conta suas especialidades, as compras são realizadas de forma manual.
Apesar de as fornecedoras, houve um acréscimo considerável de opções de compra e, ainda, assim, busca-se, de forma comparativa, consultas ao mercado em busca de preços e condições vantajosos.
Uma área física de 50 metros quadrados guarda um estoque, somente no almoxarifado Central de Abastecimento Farmacêutico na denominação interna, de aproximadamente 1.000 diferentes itens, considerados medicamentos e demais componentes que fazem parte da rotina diária de processos de medicação e tratamento.
Outra área de 25 metros quadrados serve de deposito, da mesma linha e itens, para o atendimento direto dos pacientes internados.  
No somatório de aquisições semanais, para todas as áreas e setores, os responsáveis pelas compras, em uma totalização média, adquirem entre 11 e 13 mil unidades físicas de suprimentos variáveis.
Para dar suporte e possibilitar consultas de preços, elaboração de pedidos, recebimentos e armazenagem das compras, efetuar as conferencias comparativas pedidos/notas fiscais, atendimento de fornecedores e realização das demais compras de instituição possui uma equipe de colaboradores que, por característica, tem uma dinamicidade necessária e expressiva.

 

Coordenadora de Compras, Adriana Rechziegel
 
Atividades do setor de Recursos Humanos;
O setor dos Recursos Humanos é responsável pelo cálculo da folha de pagamento; processos de admissões e demissões, contratos de trabalho; controle de documentações; pagamento de salário e férias, controle do ponto eletrônico, controle de ferias por setor; afastamentos; encargos sociais (INSS, FGTS, IR etc...).
Também atua com a conectividade social e e-Social, informação CAGED, RAIS; efetuar cálculo de rescisão e GRRF; administração de plano de saúde, controle de exames médicos admissionais, periódicos, troca função; organização de eventos, esclarecimento e auxílio na resolução dos problemas dos funcionários na área social e de benefícios, entre outros.
Atualmente o RH do HCTP conta com três colaboradores.

Leonice de Souza e Rosi Bernich Ataíde




 


 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp