27/08/2020 às 09h43min - Atualizada em 27/08/2020 às 09h43min

Geada provoca perda de 25% com o trigo no Estado

Gaúcha ZH
 

Aposta dos produtores para tentar recuperar parte do prejuízo com a quebra da safra de verão, o trigo não deverá chegar ao final do ciclo com o mesmo vigor projetado no início. A intensa geada que cobriu as lavouras do Estado na última semana, atingiu em cheio as áreas que são as primeiras a serem plantadas, na região das Missões e no entorno de Santa Rosa. Normalmente, também são cultivares de ciclos mais curtos, que já estavam em fase floração, em que a ação do fenômeno pode ser irreversível.

O presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado (Fecoagro), Paulo Pires, estima que poderá haver de 25% a 30% de redução em relação à previsão — no último dado divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o volume estava estimado em 2,67 milhões de toneladas, diante de um aumento de 25,1% da área cultivada.

O escritório regional da Emater em Ijuí informou, nesta semana, que ainda não é possível quantificar com precisão os danos, no entanto, a estimativa na região – que abrange 44 municípios – é que aproximadamente 50% da área cultivada vai apresentar algum tipo de sintoma com maior ou menor prejuízo. Na região de Ijuí, 7% das lavouras está em processo de granação, 13% em florescimento e 79% em desenvolvimento vegetativo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp