16/11/2023 às 10h08min - Atualizada em 16/11/2023 às 10h08min

Temporal em Giruá destelha imóveis, deixa feridos e ao menos um morto

Gaucha ZH
11° Batalhão de Bombeiros Militar - Divulgação
Uma jovem morreu após um temporal ter destruído um ginásio esportivo na cidade de Giruá, no noroeste do RS, na noite desta quarta-feira (15). A vítima foi identificada, na madrugada desta quinta, como Isabeli Soardi, de 26 anos. Segundo o Corpo de Bombeiros, ela foi atingida por uma estrutura de alvenaria. Conforme balanço mais recente, outras 57 pessoas ficaram feridas.
A chuva e as fortes rajadas de vento, que começaram por volta das 22h, arrancaram o telhado do ginásio Splendor Sports, que fica no bairro Mucha e reúne quadras de areia, paddle e futebol. Também houve queda de granizo. Naquele momento, atletas jogavam no local.
Em entrevista ao Atualidade, da Rádio Gaúcha, o prefeito de Giruá, Rubem Weimer, lamentou a morte de Isabeli:
— É cidade pequena, todo mundo se conhece. Uma jovem empreendedora, fisioterapueta, muito dedicada ao trabalho. A família está muito comovida pelo que aconteceu.
Segundo o comandante do 11º Batalhão de Bombeiros Militar, major Airton Juarez Ickert, 55 feridos foram encaminhados para um hospital em Giruá, com ferimentos leves. À reportagem, a unidade informou que precisou chamar profissionais que estavam de folga para dar conta dos atendimentos.
Uma pessoa foi para um hospital de Santa Rosa, com ferimentos de maior gravidade. Conforme atualização do Hospital Vida e Saúde, na manhã desta quinta-feira (16), a paciente está em estado estável e aguarda avaliação, mas deve receber alta em breve.
Em um hospital de Santo Ângelo, conforme a Defesa Civil da região, um ferido se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
O prefeito Weimer também destacou a importância do centro esportivo que foi destruído, e disse que alguns carros seguem sob os escombros.
— Um centro esportivo muito conhecido em toda a nossa região. Era um local onde as famílias se reuniam para a prática esportiva. Esse centro foi totalmente destruído — relatou.
Estragos na cidade
Nas redes sociais, moradores também relataram que a chuva causou queda de árvores e de postes pelas ruas da cidade. Casas e estabelecimentos comerciais também ficaram destelhados. O prefeito Rubem Weimer disse ter conhecimento de destelhamentos, mas não soube confirmar números.
A cidade teve, ainda, problemas no fornecimento de energia elétrica e de serviços de telefonia e internet. A RGE informou, na manhã desta quinta-feira, que está atendendo ocorrências na área urbana de Giruá. O temporal causou "danos na rede elétrica, principalmente devido a galhos e objetos arremessados pelo vento". "A energia será totalmente restabelecida tão logo os consertos forem concluídos", completa a nota.
De acordo com balanço preliminar da Defesa Civil da região, com a ocorrência, cerca de 40 residências tiveram danos e 160 pessoas no município foram afetadas.
Segundo o Major Airton, entre a noite e a madrugada, seis famílias buscaram apoio para colocação de lonas. Dois locais com fiação nas ruas foram devidamente isolados. E pelo menos 13 árvores caídas foram cortadas no município.
Para atendimento às ocorrências, mais de 20 militares de Santa Rosa e de Santo Ângelo chegaram a se deslocar até a cidade para auxiliar nos atendimentos. A Defesa Civil municipal segue realizando levantamento dos danos causados.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
RÁDIO DIFUSORA Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp