10/06/2022 às 11h22min - Atualizada em 10/06/2022 às 11h22min

Caderno de Propostas do RS para o orçamento 2023 da União é apresentado ao governo federal

www.estado.rs.gov.br
O governo do RS, representado pela secretária de Relações Federativas e Internacionais, Patrícia Kotlinski, apresentou, a integrantes do governo federal, o Caderno de Propostas do Estado para acesso aos recursos do Orçamento-Geral da União de 2023. A reunião virtual, na tarde desta quinta-feira (9/6), contou com a participação de representantes de 12 ministérios. Além da secretária Patrícia, participou, pelo RS, a diretora do Departamento de Captação de Recursos da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), Carmen Nunes. O Caderno de Propostas traz uma lista de 137 obras e projetos estratégicos para o RS, que somam R$ 805,6 milhões. Na apresentação do documento, o governador Ranolfo Vieira Junior afirma que são propostas previamente qualificadas, exequíveis e tecnicamente analisadas para possível destinação de recursos federais e que vão potencializar políticas públicas de interesse recíproco, do Estado e da União. “Precisamos unir esforços e recursos para promover dias melhores para todos. As parcerias são necessárias para, juntos, trilharmos um caminho viável de recuperação da competitividade e melhoria das infraestruturas sociais e econômicas, rumo a um novo ciclo de prosperidade sustentável em nosso país, sem ferir direitos”, descreveu o governador no texto.
Patrícia colocou a Secretaria de Relações Federativas e Internacionais (Serfi) à disposição dos ministérios para esclarecimentos pontuais sobre as propostas e reforçou a importância da troca de informações. “As ações conjuntas entre o RS e o governo federal, no encaminhamento de políticas públicas, são importantes e eficazes para o desenvolvimento sustentável do Estado e de nosso país”, afirmou. Os representantes dos ministérios destacaram a relevância da iniciativa e o ineditismo do Rio Grande do Sul na apresentação de suas propostas ao Orçamento. No dia 27 de junho, o Caderno de Propostas será apresentado aos gabinetes de deputados e senadores gaúchos, em reunião presencial, na Serfi. Os recursos, que devem ser contemplados através de emendas parlamentares, abrangem as áreas de agricultura, desenvolvimento regional, habitação, ciência e tecnologia, cultura, saúde e segurança pública, todas com viabilidade técnica e financeira.
 
Texto: Fábio Paiva/Ascom Serfi
Edição: Secom

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
RÁDIO DIFUSORA Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp