12/11/2020 às 10h01min - Atualizada em 12/11/2020 às 10h01min

Inflação da alimentação cai sobre os mais pobres, chegando a 60%

Estagiária Daiana Fernanda Hilgemann
O indicador do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) de inflação por baixa renda mostrou que a alta no preço dos alimentos pressionou a inflação dos mais pobres em outubro e representando 60% deste indicador. 
 
Segundo o instituto, as famílias de renda muito baixa acumulam uma inflação de 3,53% em 2020 e de 5,33% em 12 meses, enquanto a faixa de renda alta vem se beneficiando da queda no preço dos serviços e acumula 1,04% em 2020 e 2,48% em 12 meses. 
 
Para fazer a pesquisa, o Ipea calcula a inflação para seis grupos de renda familiar: muito baixa (menor que R$ 1.650,50), baixa (entre R$ 1.650,50 e R$ 2.471,09), média-baixa (de R$ 2.471,09 a R$ 4.127,41), média (de R$ 4.127,41 a R$ 8.254,83), média alta (de R$ 8.254,83 a R$ 16.509,66) e alta (acima de R$ 16.509,66).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp