05/11/2020 às 08h56min - Atualizada em 05/11/2020 às 08h56min

Após 5 anos do desastre de Mariana, moradores ainda aguardam por novas moradias

Estagiária Daiana Fernanda Hilgemann
Em 5 de novembro de 2015, acontecia o desastre de Mariana, com o rompimento de uma barragem de minério de ferro no distrito de Bento Rodrigues, que ficou embaixo de lama. São exatos cinco anos, desde o fatídico dia, e a partir daí, os moradores que perderam tudo, aguardam por uma nova casa.
 
As indenizações, deveriam ser pagas pela mineradora Samarco, responsável pela barragem, tendo como acionistas as também mineradoras Vale e BHP Billiton. Para atender todas as vítimas foi criada uma fundação, chamada Renova, que deveria ficar responsável por todas as indenizações, e principalmente em construir as novas moradias, de um novo distrito de Bento Rodrigues. As obras que deveriam  ter sido iniciadas em 2016, já tiveram dois prazos para serem entregues, mas ambos foram adiados. Antes de finalizar o terceiro prazo, uma nova data já foi pré divulgada aos moradores, ficando para outubro de 2021, o inicio de toda a obra, que ainda está no papel, após isso a data para término de tudo fica para o ano de 2024, quase 9 anos depois de toda  destruição.
 
A indignação dos moradores é notória, por mais que a mineradora esteja oferecendo auxilio financeiro, e moradias provisórias, a falta do lar próprio, e o medo que isso não aconteça, aflige demais as pessoas que sofreram com este desastre, e continuam sofrendo diariamente por não saberem os seus destinos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp