21/10/2020 às 07h51min - Atualizada em 21/10/2020 às 07h51min

Arrecadações municipais sofrerão queda para em 2021

Estagiária Daiana Fernanda Hilgemann
As arrecadações municipais anuais devem sofrer uma queda, para o ano de 2021. As estimativas são que R$ 857 milhões sejam perdidos no total, quando a perspectiva era de que os valores para serem arrecadados ultrapassavam os R$ 8,1 bilhões, isso não será mais possível. Essa receita menor ao que se refere às arrecadações, além da crise momentânea, se dá pelo fim da vigência das alíquotas de arrecadações maiores de ICMS.

Quando discutiam as arrecadações e investimentos, os deputados salientam alguns pontos de reflexão para as questões de desenvolvimento que atrasa alguns municípios, como um exemplo daqueles que não tem acesso asfáltico, fica difícil cobrar uma receita alta se o município não comportar, mas também diminui as verbas para melhorias do mesmo munícipio a que ele poderia se desenvolver, dependendo assim somente de forças externas para investimentos. As cidades grandes também sofrerão com esse déficit, o que refletirá na manutenção e melhoria das mesmas que necessitam de um valor elevado para seus serviços.

Segundo alguns dados, que já havia a perspectiva de diminuição dos impostos, mas que não chegaria a valores tão significantes, desta forma se confirmado, os números poderão a voltar aos mesmos comparativos dos anos de 2016 e 2017. Dando se uma ênfase a queda que será inevitável, pois essa perspectiva é bem clara aos governantes, a recuperação não será de forma ligeira, e os modos de administrar os municípios devem ser revistos pelos seus responsáveis.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp