01/08/2019 às 10h11min - Atualizada em 01/08/2019 às 10h11min

Após acordo judicial, DNIT vai instalar 245 radares em rodovias federais no RS

Jair Bolsonaro havia suspendido instalação de equipamentos em todo o país

brasiliadefato

Um acordo entre o Ministério da Infraestrutura e o Ministério Público Federal determinou a instalação de, aproximadamente, 1.140 radares em rodovias federais de todo o país. No Rio Grande do Sul, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) projeta instalar 245 equipamentos. Do total, são 192 lombadas eletrônicas e 53 controladores, os pardais.
Em nota divulgada nesta quarta-feira, o DNIT afirmou que houve redução na quantidade de radares inicialmente previstos. O Departamento ainda explica que foram contemplados pontos mais sensíveis, com prioridade a áreas urbanas. No dia 1º de abril deste ano, o presidente Jair Bolsonaro havia determinado a suspensão da instalação de todos os controladores e pardais.
As rodovias listadas pelo órgão no Estado são as BRs 116, 153, 158, 285, 287, 290, 293, 386, 392, 468, 470, 471 e 472.
Na Região Celeiro serão no km 63, em Campo Novo, duas lombadas; dois pardais no trevo de acesso à São Martinho, no entroncamento da BR 468 com a ERS 210, também em Esquina Boa Vista, no km 67; duas lombadas eletrônicas em Três Passos, km 103 e duas lombadas eletrônicas na localidade de Novo Planalto, em Tiradentes do Sul, km 129 e 130.
Ainda não há data de reinstalação dos radares e nenhum dos trechos que receberão radares é concedido à iniciativa privada.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »