26/06/2023 às 13h07min - Atualizada em 26/06/2023 às 13h07min

Programa Arborização + Segura fará o plantio de 100 árvores em Três Passos

Executado em parceria com a prefeitura, o Programa é promovido pela RGE visando manter a sustentabilidade ambiental e eliminar riscos à população e à rede elétrica

Neste mês, Três Passos (RS) recebe 100 mudas de árvores de porte e espécies que são mais adequadas para o contexto urbano para serem plantadas, por meio do Programa Arborização + Segura, da RGE. Realizado em parceria com a prefeitura, o Programa visa substituir espécies em desacordo a rede elétrica, além de árvores que não estejam em condições adequadas ou ainda que representem riscos para a população.

“O projeto da RGE, em parceria com o município de Três Passos, contribui para a educação ambiental dos munícipes com relação à importância e os benefícios da arborização urbana”, avalia a Técnica em Paisagismo da Prefeitura de Três Passos, Sandra Márcia Silva.

Mais de 40 locais serão contemplados pelas mudas, entre praças, ruas e avenidas. No processo de substituição, a RGE identifica aquelas que se enquadram no perfil crítico para risco de interferência e em desacordo com as infraestruturas urbanas. Em seguida, são substituídas as árvores autorizadas expressamente pelo poder público municipal.

O Consultor de Negócios da RGE, Andre Luis da Silva, destaca a relevância da substituição de mudas para a proteção da população da cidade. "O Programa Arborização + Segura é fundamental para a segurança da população, pois são ações que visam à eliminação de situações de riscos relacionados a rede elétrica, e trazem inúmeros benefícios à comunidade”, destaca.

 Por meio do projeto, a RGE disponibiliza mudas adequadas às equipes técnicas do poder público municipal, que direcionam o planejamento e implementação. Em áreas afastadas da rede de energia elétrica são criados espaços amplos de recomposição florestal com exemplares de grande porte. Atenção especial é dispensada na escolha de espécies implantadas sob a rede de energia elétrica, priorizando as de menor porte, como Camélias, Hibiscos, Cerejeiras e Ipês.

Segundo explica o analista de meio ambiente da RGE, Giulliano Gilioli Bindo, além da proteção à vida da população, “o Programa Arborização + Segura também garante benefícios como sombreamento e melhoria da qualidade do ar, controle da temperatura urbana e redução da poluição visual”. A distribuidora faz também um alerta para que a população se conscientize em relação ao porte das árvores plantadas em vias públicas principalmente próximas a rede elétrica, por conta própria.

Somente em 2022, a RGE investiu mais de R$ 2 milhões de reais no Projeto Arborização + Segura, o maior valor implementado no projeto de embelezamento seguro de ruas e avenidas nos últimos anos. Foram plantadas 6.400 mudas, totalizando 19.890 desde o início do projeto em 2018. Além disso, foram substituídas outras 1.600 árvores que apresentavam riscos à população e ao sistema elétrico, totalizando 5.400 substituições.

Todas as ações de manejo e intervenções junto a vegetação realizadas pela RGE seguem critérios técnicos e diretrizes da ABNT, que requer espaçamentos mínimos entre rede elétrica e vegetação de acordo com o aspecto técnico operativo da rede. Para as substituições, as equipes são devidamente treinadas e capacitadas, o ferramental utilizado é adequado para a atividade e também apresentam respectivas licenças ambientais dos órgãos competentes.

Segurança - Consciente da importância em manter um trabalho permanente de orientação para a população, as distribuidoras do Grupo CPFL trabalham fortemente a campanha de segurança “Guardião da Vida”. Além de dicas e conselhos para a população em geral e trabalhadores dos centros urbanos, a campanha traz informações sobre os cuidados que devem ser levados em consideração ao executar um trabalho de poda. Confira algumas dicas de segurança:

 

·                     Jamais faça podas quando a árvore está muita próxima da rede elétrica ou os galhos tocando nos fios.

 

·                     Nos casos em que galhos ou copa de árvores estejam oferecendo riscos e danificando os fios de energia elétrica, solicite avaliação da RGE através dos canais de atendimento da empresa.

 

·                     Para que seja possível uma intervenção imediata, caso ocorram faíscas na rede elétrica, a comunicação deve ser feita na Central de Atendimento da distribuidora

 

·                     Em dias de chuva, temporais e fortes ventanias, é comum que galhos de árvores interfiram na rede elétrica, danificando os fios e postes de energia. Nestes casos, se houver interrupção no fornecimento de energia, o cliente deve utilizar o serviço Falta de Energia para comunicar a situação e nunca realizar poda nessas condições.

 

·                     A responsabilidade pelas podas de árvores é da Prefeitura Municipal. As empresas do Grupo CPFL realizam podas somente em casos de extrema necessidade, como em situações emergenciais de risco para a população e a rede elétrica.

 

·                     Na dúvida entre sempre em contato através de um dos nossos canais de atendimento e receba orientações para uma construção segura.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
RÁDIO DIFUSORA Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp