23/03/2022 às 08h22min - Atualizada em 23/03/2022 às 08h22min

Adesão de adolescentes e crianças à segunda dose é a menor entre todas as faixas etárias no RS

GZH
Uma contradição atravessa o Rio Grande do Sul: enquanto a adesão à segunda dose da vacina contra a covid-19 é semelhante à de países europeus, o Estado vem caindo no ranking nacional de melhor cobertura vacinal. Adultos acima dos 40 anos e idosos atingiram a meta de 90% de comparecimento, mas jovens, adolescentes e crianças têm desempenho muito abaixo. Enquanto 99% dos idosos de 70 a 74 anos tomaram duas doses, a proporção cai para 78% entre 20 e 24 anos. Em menores de idade, que dependem da autorização dos pais, a adesão é ainda menor: entre adolescentes, menos de 70% e, entre crianças, sequer chega a 10%, ainda que nem todas estejam aptas para a segunda dose. 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
RÁDIO DIFUSORA Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp