30/05/2018 às 16h49min - Atualizada em 30/05/2018 às 16h49min

10º dia de mobilização em Três Passos

O movimento de reivindicação para a queda dos combustíveis no País completou dez dias hoje e continua com diversos pontos de manifestação.
A população brasileira já sente com maior intensidade os reflexos da mobilização que iniciou dia 21 de maio. Na Região Celeiro, os pontos de mobilização passam de dez municípios. Em Três Passos, a paralisação concentra-se no trevo de acesso (letreiro) da Br 468, por tempo indeterminado. Os manifestantes aguardam novo posicionamento do Presidente Michel Temer, em vista a redução de todos os combustíveis, não somente o diesel.
Na paralisação em Três Passos, cargas vivas, leite, ração e medicamento são liberados dos bloqueios, bem como carros de passeio, que são liberados a trafegar a cada 10 minutos.
O setor alimentícios, de laticínios, agricultores e demais setores já sentem os impactos da paralisação no município. O abastecimento de combustível acontece de forma fracionada, conforme as cargas de produto conseguem chegar aos estabelecimentos. Os poucos postos de combustíveis que receberam gasolina e diesel, no período da mobilização, formaram longas filas de carros.
Em contato com os proprietários dos postos de combustíveis do município, o departamento de jornalismo foi informado de que não há mais gasolina e, também, não há previsão de abastecimentos dos postos do município. O diesel comum e S10 também estão em falta. O único estabelecimento que ainda há combustível, está localizado no distrito de Bela Vista, que recebeu uma carga de 20 mil litros escoltada pela Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal na manhã de hoje.
Também nesta quarta-feira (30), a Petrobras voltou a aumentar o preço da gasolina, após cinco quedas, o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de 1,9671 por litro. Só no mês de maio, o preço do combustível teve alta de 9,42%.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp