16/03/2018 às 08h42min - Atualizada em 16/03/2018 às 08h42min

Salto do Yucumã terá visibilidade prejudicada neste final de semana

A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) informa que a visibilidade do Salto do Yucumã estará prejudicada neste final de semana. Em função do alto índice de chuvas registrado nos últimos dias na bacia do Rio Uruguai, a Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó necessitará operar com alta vazão, inundando a queda d'água em boa parte do sábado (17) e do domingo (18). De acordo com relatório de operação da usina, "o período não é caracterizado por baixas vazões afluentes".

Desde 6 de fevereiro, os turistas podem saber com antecedência as condições de visibilidade do Salto do Yucumã pelo http://www.sema.rs.gov.br/inicial. Na ocasião, foi assinado um termo de cooperação entre a secretaria e a Agência Nacional de Águas (ANA) que estabeleceu novas regras para a Foz do Chapecó. O acordo é resultado de uma antiga reivindicação da Sema junto ao governo federal.

Publicada no Diário Oficial da União, a Resolução 4, da ANA, determina que, em períodos de pouca chuva, a descarga da usina deverá ser igual ou inferior a 1 mil metros cúbicos (m³) de água por segundo entre o meio-dia de sexta-feira e o meio-dia de domingo, garantido a visibilidade do salto. Em caso de altas vazões, como neste final de semana, os turistas têm as informações necessárias para reprogramar a visita. A resolução funciona em formato de teste por 180 dias.

Localizado no Parque Estadual do Turvo, em Derrubadas, o Salto do Yucumã tem 1,8 quilômetro de extensão e é considerado a maior queda d'água horizontal do mundo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp